quinta-feira, 7 de março de 2013

Alucinações de um dia sem Sol...

 O Sol mora em outra cidade, mas não deixa de me perturbar, (ô tormento!). Vem cá e já vai invadindo, inspirando esse sentimento de paz, querendo me levar, me iluminar...
 Quem dera eu pudesse ser Lua pra não ter de vê-lo. Oxalá eu pudesse ser humana por inteiro para querê-lo por perto. Mas não sou! E então, quando ele vem, eu já vou me perfumando e botando roupa bonita para ir lá fora, para pegar uma cor.
 O Sol enlouquece quem o olha muito e escuta ou entende... Enlouquece muito mais se não entende nada, se só tenta adivinhar. É preciso ler mentes para entender-te... Aliás, é preciso ler Sóis. Quem sabe, somente assim, me entenderei também... 

Farias, Maikele. "Alucinações de um dia sem sol". Fevereiro de 2013. http://livredialogo.blogspot.com.br
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported. Deve ser citada conforme especificado acima.

Licença Creative Commons
Baseado no trabalho em livredialogo.blogspot.com.br.
Permissões além do escopo dessa licença podem estar disponível em discente.farias@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, pois sua opinião é muito importante!
Volte sempre!

 
Licença Creative Commons
Diálogo Livre de Farias, M. S. et alia é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Baseado no trabalho em livredialogo.blogspot.com.br.
Permissões além do escopo dessa licença podem estar disponível em discente.farias@gmail.com.