domingo, 3 de fevereiro de 2013

Senhora Poesia para sempre...

No dia 28 de janeiro de 2013, viajou para outro plano uma importante personagem de minha passagem terrena: Lígia Antunes Leivas. Foi minha professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira em 1988, quando estudei no CAVG (Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça), em Pelotas. Sua alegria e vigor governavam, sem ferir, as aulas que proferia. Fiquei impressionado com seus vastos conhecimentos sobre os temas que abordava.

Professora Lígia, como a chamávamos e como sempre a chamei, compartilhava seus livros com os alunos que demonstravam interesse pela boa leitura. Assim, a cada vez que eu voltava de Pelotas para a casa de meus pais, levava comigo muitos livros dela o que ampliava meus horizontes.

Quando fui empossado na cadeira nº 01 da Academia Piratiniense de História, que tem como patrono Barbosa Lessa, para minha surpresa lá estava entre as pessoas presentes a querida Professora Lígia que proferiu um lindo e emocionante discurso em minha homenagem.

Sempre incentivou meu fazer-literário. Sugeria-me, elogiava. Acho até que deveria ser mais rigorosa comigo. Meu primeiro livro de poemas – “Verso de Azul” -, editado em 1995, pela Editora da Universidade Federal de Pelotas, teve muito de sua contribuição, por isso, a justa dedicatória que lhe fiz nele.

Em 16 de dezembro de 2008, fui escolhido pela Academia Sul-Brasileira de Letras, como personalidade cultural daquele ano. Mais um ato de generosidade da querida Mestra: Professora Lígia era a Presidenta da entidade que realizou uma bela noite de entrega de prêmios, momento esse que ficou registrado o seu rosto sempre radiante.

Quando publiquei no meu blog uma matéria sobre a homenagem, ela publicou a seguinte postagem:

“Juarez, ilustre ativista cultural, especial amigo: Em meu próprio nome e no de nossa querida ASBL, agradecemos a gentileza que tiveste em postar em teu blog tão distinta notícia. Mérito é de quem o tem. Por isso, foste o escolhido neste ano de 2008. Personalidade Cultural é tua característica, por onde quer que vás, mas pensamos que este título ficaria perfeito junto ao teu nome quando estávamos escolhendo nosso homenageado! Parabéns para ti e obrigada pela notícia. Muita luz em 2009!”

Professora Lígia: Senhora Poesia, como a chamei em um texto para publicação em um de seus livros de poemas! Sua presença e somente a lembrança de sua existência já eram estrelas de enorme brilho em minha vida. Agora (tenho certeza) esse brilho ganhou maior espectro: além da Terra, alcança outras dimensões.

Está, quiçá, no Céu, agora, a ensinar a outras estrelas lições de brilho com humildade.

Farias, Juarez Machado de. "Senhora Poesia para sempre...". Fevereiro de 2013. http://livredialogo.blogspot.com.br/
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported. Deve ser citada conforme especificado acima.

Licença Creative Commons
Baseado no trabalho em livredialogo.blogspot.com.br.
Permissões além do escopo dessa licença podem estar disponível em discente.farias@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, pois sua opinião é muito importante!
Volte sempre!

 
Licença Creative Commons
Diálogo Livre de Farias, M. S. et alia é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Baseado no trabalho em livredialogo.blogspot.com.br.
Permissões além do escopo dessa licença podem estar disponível em discente.farias@gmail.com.